domingo, 11 de abril de 2010

Felizes para sempre

Eu estava completamente nervosa. Todo aquele meu desespero, tinha acabado de terminar, pois dois homens com sorrisos largos para mim abriram uma enorme porta. Todos que estavam através daquela porta se dirigiam o olhar para mim, parece que eu era a pessoa mais importante daquela linda noite, mas na verdade eu era.
Me esqueci de olhar para as pessoas e dirigi o olhar para ele, comecei a caminhar com meu pai pelo adorável corredor da igreja. Eu não olhava para ninguém, somente para ele, para aquele olhar penetrante a mim.
Por alguns instantes, eu e papai chegamos ao altar decorado com rosas vermelhas e aquele príncipe chegou até mim dando um interminável beijo na testa.Caminhamos até o padre, e iniciou uma longa celebração. Eu não me lembro absolutamente de nada, somente dele, daquele olhar, daqueles lábios, daquele sorriso, daquele beijo na testa.
Foi o dia mais feliz da minha vida e continuou sendo até quando ele permaneceu nela e assim nosso amor foi feliz e é para sempre.

1 comentários:

duda bachega ' disse...

ameiii esse vih!

Postar um comentário